Plano de Saúde em Porto Alegre - Planos de Saúde Empresariais, Familiares e Individuais | ASK Planos de Saúde

Oferecer plano de saúde aos funcionários só traz vantagens

Todo gestor sabe (ou deveria saber): o bem-estar das equipes traz reflexos positivos ao negócio. Colaboradores motivados trabalham com mais disposição. E, às vezes, nem é preciso ter um cargo de destaque ou um salário gordo para isso. Benefícios como o plano de saúde empresarial são suficientes para aumentar o rendimento.

Acompanhe o raciocínio. Com os exames de rotina em dia, o funcionário pode tratar eventuais doenças antes que elas fiquem mais graves. As faltas por dispensa médica diminuem. Além disso, tanto o trabalhador quanto sua família têm cobertura para atendimentos de emergência em hospitais de qualidade..

Quem não gostaria dessa segurança, não é mesmo? Pois as vantagens não param por aí.

Por que oferecer plano de saúde à equipe

As operadoras geralmente oferecem dois tipos básicos de pacotes. O primeiro é voltado para empreendimentos com até 30 pessoas. O segundo, para grupos com 31 vidas ou mais.

Em qualquer modalidade, o maior ganho está no preço. Quanto mais membros no plano de saúde corporativo, maiores as chances de redução nos valores. As
mensalidades, assim, ficam mais competitivas, se comparadas às dos convênios individuais ou familiares.

Essa despesa é compartilhada entre o funcionário e a empresa, e já sai abatida na folha de pagamento. A quantia até poderia fazer diferença no curto prazo, para quitar uma conta ou fazer um mercado mais robusto. Por outro lado, dá para pensar nesse desconto como um investimento.

O contrato possibilita que o titular e seus dependentes realizem consultas, façam exames e até submetam-se a procedimentos cirúrgicos. Tudo sem custos adicionais e com profissionais capacitados. Ao pensar na grana necessária para tratar de uma perna quebrada ou de um coração infartado, o gasto mensal acaba sendo irrisório.

E vale lembrar que existe, ainda, outra categoria: o plano odontológico. Esse serviço é disponibilizado à parte. Pode ser interessante para gente que trabalha com o público, como recepcionistas e vendedores. Afinal, um sorriso perfeito eleva a autoestima e torna-se um belo cartão de visitas para a clientela.

Quanto custa um plano de saúde empresarial?

Depende, pois diferentes fatores incidem no cálculo. A faixa etária dos colaboradores é um deles. Jovens saudáveis têm menos probabilidade de recorrer a internação em UTI, por exemplo, então o valor se reduz.

A avaliação de riscos também considera a periculosidade do trabalho exercido. É o chamado índice de sinistralidade, reajustado a partir de uma conta simples: a divisão das despesas com serviços de saúde pela receita arrecadada dos beneficiários.

Um exemplo. Motoboys e motoristas de caminhão estão mais sujeitos a sofrer um acidente de trânsito. Se você tem uma transportadora, talvez o plano de saúde de seus funcionários fique um pouco mais salgado.

Aliás, viagens são outro ponto a ser verificado. Uma rede de lojas com unidades em todo o país pode deslocar times para treinamentos e vistorias em vários estados. Se o sinistro acontece longe, é oportuno que o convênio ofereça abrangência nacional.

Porém, se seu estabelecimento é um mercado de bairro e os trabalhadores não se deslocam tanto, uma abrangência regional pode ser suficiente. Acaba saindo mais barata, também.

Pronto: agora você já conhece as vantagens de oferecer plano de saúde para os funcionários. Quer mais dicas de como escolher o melhor pacote? Então acompanhe nosso blog e tire suas dúvidas!

askplanodesaude

Assine nosso blog!

Inscreva-se em nossa newsletter e acompanhe as notícias.
Loading