Plano de Saúde em Porto Alegre - Planos de Saúde Empresariais, Familiares e Individuais | ASK Planos de Saúde

Veja como a ANS atua no seu plano de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é um órgão vinculado ao Ministério da Saúde. Seu principal objetivo é regular as operadoras de planos de saúde em atividade no Brasil.

A regulação significa estabelecer medidas para padronizar, controlar e fiscalizar esse segmento do mercado.

O trabalho da entidade é importante para garantir que os beneficiários de um convênio particular tenham acesso a serviços de qualidade, sem que caiam em fraudes. Também é necessário para resguardar as empresas sérias e limitar o alcance daquelas que não cumpram com suas obrigações.

A seguir, conheça mais sobre a história da ANS e saiba quando e como recorrer à instituição.

Objetivos da ANS

A ANS foi criada por meio da Lei nº 9.961, no ano 2000. Desde então, vem atuando para definir regras que assegurem mais transparência ao setor da Saúde Suplementar. Isso é bom tanto para clientes quanto para seguradoras, pois ficam mais claros os direitos e os deveres de cada parte envolvida num contrato.

É atribuição da agência, por exemplo, estabelecer quais são os procedimentos de cobertura obrigatória nos planos de saúde e como devem funcionar os reajustes das mensalidades. Prazos para atendimento e critérios para portabilidade de carências também são determinados pelo órgão.

A ANS mantém, ainda, o Programa de Qualificação dos Prestadores de Serviços de Saúde (QUALISS). Diversas entidades do ramo compõem um comitê técnico que auxilia a estipular critérios para a avaliação de hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais da área.

O Não bastasse o papel regulador, também existem as campanhas de promoção do bem-estar e da qualidade de vida. Uma das bandeiras de destaque da instituição é o incentivo ao parto normal, mais seguro para mãe e bebê. Segundo dados do Ministério da Saúde e da própria ANS, o Brasil é campeão em cesarianas desnecessárias.

Quando procurar a ANS?

Qualquer plano de saúde comercializado no país deve ser autorizado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar. No Espaço do Consumidor, dentro do site da ANS, é possível verificar a situação da operadora. Se a companhia estiver passando por problemas administrativos ou financeiros, melhor abrir o olho.

Antes mesmo de fechar negócio, vale ir à página e conferir alguns indicadores. O Índice Geral de Reclamações, o Percentual de Finalização Assistencial e o Índice de Abertura de Processo Administrativo informam sobre queixas de outros beneficiários, bem como possíveis irregularidades das empresas.

As ferramentas servem para decidir qual será o melhor convênio para sua família. Cada um recebe notas e é classificado dentro de um ranking.

Caso você já seja titular ou dependente num plano de saúde e esteja insatisfeito, também pode recorrer à ANS. A Central de Atendimento ao Consumidor registra reclamações referentes a falhas ou abusos nos serviços prestados. A agência ainda tem sua própria ouvidoria para denúncias, sugestões e consultas.

Além do site, é possível ligar para o telefone 0800 701 9656 ou procurar um dos núcleos espalhados pelo Brasil. A sede da ANS fica no Rio de Janeiro, mas há pontos existentes em 12 cidades, de Porto Alegre/RS a Belém/PA.

Entendeu a importância da ANS para você e seu plano de saúde? Então aproveite para conferir outras informações aqui no nosso blog.

askplanodesaude

Assine nosso blog!

Inscreva-se em nossa newsletter e acompanhe as notícias.
Loading