5 dicas para melhorar a saúde no trabalho

5 dicas para melhorar a saúde no trabalho

Não é preciso realizar uma atividade insalubre para se preocupar com saúde no trabalho. Pequenas atitudes do dia a dia deixam a jornada mais leve e podem, inclusive, melhorar a produtividade.

Saúde no trabalho: uma preocupação de todos

Os ganhos são gerais. Trabalhadores saudáveis têm mais disposição para cumprir as tarefas e, assim, manter o próprio emprego. Já as companhias diminuem o prejuízo decorrente do afastamento de funcionários – por doença ou acidente, por exemplo.

Ou seja, o incentivo às boas práticas deve partir de todos os colaboradores, independentemente da hierarquia. Confira cinco dicas para uma rotina de trabalho sadia.

1.Equipamentos de segurança

Quem atua na indústria, na construção civil e em outras áreas perigosas deve observar as normas de segurança. O manuseio correto do maquinário minimiza as chances de um sinistro. Já o uso de luvas, capacetes e outros equipamentos de proteção pode evitar problemas mais sérios, caso algo saia do controle.

O Brasil registra uma média de 700 mil acidentes de trabalho por ano. Entre 2012 e 2016, houve 13,3 mil mortes de profissionais no exercício da função.

2.Ginástica laboral

A lida no campo, na fábrica ou no escritório costuma exigir demais do corpo. Permanecer muito tempo na mesma posição e realizar esforços repetitivos eleva o risco de lesões e tendinites. São as chamadas doenças ocupacionais.

Para evitá-las, a sugestão é realizar pausas no expediente e recorrer à ginástica. Exercícios de alongamento, feitos pelo menos três vezes por semana, aliviam dores e estimulam o organismo a se recuperar da labuta. As sessões também podem acontecer no fim do dia, para relaxar a equipe.

3.Mindfulness

Transtornos mentais e comportamentais, como o estresse, afastaram mais de 17 mil trabalhadores brasileiros de suas atividades, nos últimos anos. As informações são de um boletim divulgado pelo Governo Federal.

Quadros graves demandam ajuda psiquiátrica. Para os demais, é possível recorrer a técnicas de meditação rápida, que auxiliam a diminuir a ansiedade e as aflições cotidianas. O mindfulness utiliza a respiração consciente para se atingir um estado de atenção plena – o que, na prática, significa resolver um problema de cada vez.

4.Lanches

Uma dieta balanceada colabora no controle do peso, reforça a imunidade e prolonga a expectativa de vida do sujeito. A maioria dos cardápios desenvolvidos por nutricionistas prevê de cinco a sete refeições diárias, distribuídas em pequenas porções de vegetais, laticínios, carnes e pães.

Quem segue o horário comercial precisa reservar momentos para a alimentação. O ideal é ir a uma sala reservada e saborear o lanche com calma. Como isso nem sempre é possível, porções de castanhas ou frutas picadas, trazidas de casa, servem para matar a fome sem sair da frente do computador.

4.Plano de saúde

Um plano de saúde empresarial ampara os funcionários e seus dependentes nas mais diversas situações. Podem-se realizar de check-ups anuais a cirurgias de emergência, com atendimento de qualidade e a preços acessíveis. Dependendo da quantidade de membros, os pacotes não têm período de carência.

Investir na saúde preventiva é uma maneira de tratar ocorrências antes que elas se tornem preocupantes. Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Então continue acompanhando o nosso blog! E aproveite para deixar um comentário com suas impressões sobre o artigo de hoje.