Covid-19: plano de saúde ajuda na prevenção? Tire suas dúvidas

Covid-19: plano de saúde ajuda na prevenção? Tire suas dúvidas

O Ministério da Saúde confirmou, no dia 26 de fevereiro, o primeiro caso de covid-19 registrado no Brasil. A infecção causada pelo novo coronavírus vem assustando a população mundial, especialmente as pessoas que viajaram para países onde há surto da doença, como Itália, China e Coreia do Sul. A seguir, saiba como seu plano de saúde pode colaborar na prevenção.

Quais são os sintomas de covid-19?

A doença causada pelo novo coronavírus se assemelha a um resfriado. Os primeiros sinais são febre e tosse seca. Também pode haver cansaço, dor de cabeça e dores pelo corpo.

Após uma semana dos sintomas, alguns pacientes podem necessitar de tratamento hospitalar. Isso porque o quadro evolui para dificuldades respiratórias.

Quem deve se preocupar com o novo coronavírus?

O Brasil ainda não apresenta surto generalizado de covid-19. Por isso, quem deve se preocupar são as pessoas que viajaram recentemente para áreas consideradas de risco. Parentes próximos, colegas de trabalho e outros sujeitos que tenham contato direto com o viajante também precisam estar atentos.

O coronavírus pode permanecer encubado no paciente por 14 dias antes da manifestação de sintomas. Acredita-se que, nesse período, a transmissão de um indivíduo para outro já seja possível.

Como o plano de saúde ajuda no combate à covid-19?

Caso você apresente sinais de infecção por coronavírus, dirija-se imediatamente a uma unidade de saúde. Seu convênio particular cobrirá todos os procedimentos de emergência, incluindo as consultas e os exames necessários para a identificação da doença. Vale lembrar que planos com segmentação hospitalar bancam, ainda, os custos de uma eventual internação em decorrência da enfermidade.

É verdade que idosos são mais suscetíveis à doença?

Sim, embora o risco seja baixo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) calcula que, de cada cinco casos confirmados de covid-19, quatro são considerados leves. A taxa de mortalidade também é mínima, atingindo 2% do total de pacientes.

A maior parte dos óbitos foi registrada entre pessoas com mais de 80 anos. Além disso, muitos dos que morreram por causa do novo coronavírus tinham outra complicação de saúde preexistente, como diabetes, doenças cardíacas ou problemas pulmonares.

Plano de saúde cobre vacina contra coronavírus?

Não. Primeiro, porque ainda não existe uma medicação preventiva contra covid-19. Segundo, porque, conforme o Rol da ANS, os convênios particulares não são obrigados a oferecer vacina a seus beneficiários.

No Brasil, a imunização é um trabalho para o Sistema Único de Saúde (SUS). Todas as vacinas obrigatórias podem ser obtidas em postos de saúde, gratuitamente.

Importante: idosos e gestantes devem se vacinar contra a gripe. Isso não evita o contágio por coronavírus, mas protege o sistema imunológico contra outras infecções comuns.

Em caso de pandemia, como evitar a covid-19?

Autoridades sanitárias recomendam lavar as mãos com frequência. O simples uso de água e sabão ajuda a destruir o vírus. Você também pode recorrer ao álcool gel.

Quanto à higienização de superfícies, a limpeza deve ser feita com álcool ou água sanitária. Ainda não se sabe ao certo se o novo coronavírus sobrevive no ambiente. Por via das dúvidas, melhor manter sua casa e seu local de trabalho sempre limpos.

Por fim, afaste-se de aglomerações. Espaços com muita gente colaboram para a proliferação de diversos microrganismos.

Gostou do conteúdo de hoje? Então compartilhe as informações com sua família! Obrigado pela leitura e até a próxima.